Empreenda Como Funciona A Energia Solar Fotovoltaica

28 Jan 2019 10:06
Tags

Back to list of posts

<h1>Em N&oacute;s Est&atilde;o Todas As Mem&oacute;rias Do Mundo</h1>

<p>O ser humano &eacute; o &uacute;ltimo ser de grande porte a entrar no recurso da melhoria por n&oacute;s Casa Rica, Por Brunete . Inaugurada Em 2018, Maior Usina Solar Do Universo Finalmente Funciona Plenamente n&atilde;o existe s&oacute; mat&eacute;ria e energia, todavia tamb&eacute;m detalhes, esta vem estocada em maneira de mem&oacute;ria, em todos os seres e em n&oacute;s ao longo de todas as fases do processo cosmog&ecirc;nico.</p>

<p>Em nossa mem&oacute;ria, reboam as &uacute;ltimas reminisc&ecirc;ncias do big bang que deu origem ao nosso cosmos. Nos arquivos de nossa mem&oacute;ria s&atilde;o guardadas as vibra&ccedil;&otilde;es energ&eacute;ticas oriundas das inimagin&aacute;veis explos&otilde;es das grandes estrelas vermelhas das quais vieram as supernovas e os conglomerados de gal&aacute;xias, cada qual com suas bilh&otilde;es de estrelas e planetas e asteroides.</p>
<ul>

<li>Trinta de junho de 2015 &agrave;s O Que &eacute;? :24</li>

<li>Tatuagens: n&atilde;o realizar aplica&ccedil;&atilde;o de laser pra depila&ccedil;&atilde;o a respeito &aacute;reas tatuadas</li>

<li>5 Visualizar bem como</li>

<li>Limpe o filtro da m&aacute;quina com frequ&ecirc;ncia</li>

</ul>

<p>Tudo isso est&aacute; sepultado em um canto de nossa psiqu&eacute; e no c&oacute;digo gen&eacute;tico de cada c&eacute;lula de nosso corpo, por causa de somos t&atilde;o ancestrais quanto o mundo. Como Poupar Energia El&eacute;trica Na Corpora&ccedil;&atilde;o n&atilde;o vivemos nesse mundo nem a respeito da nossa Terra como seres err&aacute;ticos. Para Economizar Pela Conta De Ilumina&ccedil;&atilde;o, Aposte Pela Energia Solar do &uacute;tero comum donde vieram todas as coisas, da Energia de Fundo ou do Abismo Alimentador de todos os seres, do h&aacute;drion primordial, do top-quark up, um dos tijolinhos mais ancestrais do edif&iacute;cio c&oacute;smico at&eacute; o micro computador atual. E somos filhos e filhas da Terra. Mais. Somos aquela por&ccedil;&atilde;o da Terra que anda e dan&ccedil;a, que freme de emo&ccedil;&atilde;o e pensa, que quer e adora, que se extasia e venera o Mist&eacute;rio.</p>

<p>Todas essas coisas estiveram Energia El&eacute;trica Como Poupar , se condensaram em nosso sistema solar e s&oacute; depois irromperam concretas pela nossa Terra. Pelo motivo de tudo isto estava virtualmente l&aacute;, pode estar nesta ocasi&atilde;o aqui em nossas vidas. O come&ccedil;o cosmog&ecirc;nico, vale manifestar, aquelas energias diretoras que comandam, cheias de prop&oacute;sito, todo o recurso evolucion&aacute;rio obedecem a seguinte l&oacute;gica t&atilde;o bem e exposta por E. Morin, ordem, confus&atilde;o, intera&ccedil;&atilde;o, nova ordem, nova confus&atilde;o, mais uma vez intera&ccedil;&atilde;o e deste modo a toda a hora. Ecos De Cora&ccedil;&otilde;es H&aacute; Muito Silenciados essa l&oacute;gica criam-se a todo o momento mais complexidades e diferencia&ccedil;&otilde;es; e pela mesma propor&ccedil;&atilde;o ir&atilde;o se montando interioridade e subjetividade at&eacute; a sua frase l&uacute;cida e consciente que &eacute; a mente humana.</p>

<p>E simultaneamente e tamb&eacute;m na mesma propor&ccedil;&atilde;o vai se gestando a per&iacute;cia de reciprocidade de todos com todos, em todas as horas e em todas as situa&ccedil;&otilde;es. Diferencia&ccedil;&atilde;o /interioridade/ comunh&atilde;o: eis a trindade c&oacute;smica que preside o corpo do universo. Tudo vai acontecendo processualmente e evolutivamente submetido ao n&atilde;o-equil&iacute;brio din&acirc;mico(caos) que procura a toda a hora um novo equil&iacute;brio, atrav&eacute;s de adapta&ccedil;&otilde;es e interdepend&ecirc;ncias. A subsist&ecirc;ncia humana n&atilde;o est&aacute; fora dessa execu&ccedil;&atilde;o. Tem dentro de si estas constantes c&oacute;smicas de caos e de cosmos, de n&atilde;o-equil&iacute;bro em busca de um novo equil&iacute;brio. Sempre que estivermos vivos nos encontramos sempre enredados nessa situa&ccedil;&atilde;o.</p>

<p>Quanto mais pr&oacute;ximos do equil&iacute;brio total, mais pr&oacute;ximos da morte. A morte &eacute; a fixa&ccedil;&atilde;o do equil&iacute;brio e do m&eacute;todo cosmog&ecirc;nico. Ou a sua passagem para um grau que demanda outra forma de acesso e de discernimento. Como esta infraestrutura de fato se d&aacute; em n&oacute;s? Antes de qualquer coisa, pelo dia a dia.</p>

<p>Cada qual vive o teu dia a dia que come&ccedil;a com a toillete pessoal, o jeito como mora, o que come, o servi&ccedil;o, as rela&ccedil;&otilde;es familiares, os amigos, o afeto. O dia a dia &eacute; prosaico e, n&atilde;o incomum, carregado de desencanto. A maioria da humanidade vive restrita ao cotidiano com o anonimato que ele envolve.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License